Saúde

Pediatria e primeira infância, qual a regularidade das consultas?

Publicado em 11/03/2022

Quando nasce um bebê, uma série de responsabilidades parentais começa a fazer parte da vida familiar. Entre as principais atribuições dos pais estão a visita regular ao médico especializado. Aliás, essa relação com o pediatra deve acontecer antes mesmo de o bebê nascer.  

Muitas pessoas podem ficar em dúvida em relação à frequência de ida ao médico. Preparamos este artigo para você entender qual a regularidade adequada, a importância de manter essas visitas em dia e o que se deve ficar atento em cada momento. 

Adiantamos que a ida ao médico deve ser praticamente mensal durante boa parte da primeira infância. Abaixo vamos detalhar melhor esse cronograma ideal. 

Se você tem um bebê em casa ou a caminho, ou se até mesmo esse bebê já se transformou em uma linda criança, é importante acompanhar esta leitura para saber se a família está atualizada com as idas ao consultório. 

Importância de ir ao pediatra

A primeira ideia errada que deve ser superada é associar a ida ao médico a estar doente. Esse é, na verdade, o caminho para muitos problemas futuros. Visitas regulares ao médico na infância funcionam como acompanhamento do desenvolvimento da criança e atuam na prevenção de doenças. Até na vida adulta, a visita frequente aos consultórios médicos garante uma saúde em dia, livre de diagnósticos tardios.

Portanto, começar esse hábito desde cedo é o melhor caminho para uma vida longa e mais saudável. Com as crianças, é preciso ficar atento aos marcos de desenvolvimento e certas características que indicarão necessidade de tratamento ou intervenção o quanto antes. 

Cada ida ao pediatra será analisado(a):

  • O estado nutricional e a alimentação da criança, se está ou não dentro das expectativas; 
  • A curva de crescimento – se está abaixo, na média ou acima do padrão para cada faixa etária; 
  • Marcos de desenvolvimento psicomotor e cognitivo; 
  • Orientação e acompanhamento do calendário vacinal;
  • Outras particularidades como o sono, comportamentos e habilidades da criança. 

Frequência de ida ao pediatra 

Segundo a Sociedade Brasileira de Pediatria, o cronograma de visitas ao pediatra deve começar antes mesmo de o bebê nascer. Converse com um pediatra de confiança para as primeiras orientações ainda na gravidez e logo após o parto. 

Passado esse período a criança deve seguir essa agenda:

  • Três idas no primeiro mês: aos 5, 15 e 30 dias de vida 
  • Uma vez por mês dos 2 aos 6 meses 
  • Uma vez a cada dois meses dos 7 aos 24 meses
  • Uma vez a cada três meses dos 2 aos 6 anos 
  • Uma vez por semestre dos 6 aos 7 anos 
  • Uma vez por ano dos 7 aos 18 anos   

A princípio pode parecer muito, mas a frequência regular garante que o médico acompanhe com atenção a saúde dos pequenos e intervenha cedo quando necessário. Cada ida dessa pode ser programada com antecedência e evitar esquecimentos no dia a dia turbulento. 

Ao final, a família terá mais sossego e a certeza de que está fazendo o melhor pelo seu filho desde sempre. Esse é o desejo de todos os pais. 

A Exmed é uma alternativa a planos de saúde e uma forma inteligente de cuidar de seu bem-estar e de toda a família. Baixe o aplicativo para conhecer melhor.